Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2020

A Miss mais bela do ano de 1953 - Denise Perrier

Em 1953 a França conquistou a coroa nos dois maiores concursos de beleza. No Miss Mundo, Denise Perrier, venceu outras 14 candidatas no dia 19 de outubro em Londres, cerca de três meses antes, sua conterrânea Christiane Martel já havia vencido o Miss Universo em Long Beach - Estados Unidos, derrotando 25 candidatas.O mundo da beleza era da França. Entre as duas francesas a beleza que mais me agrada é a de Denise Perrier - Miss Mundo 1953, que até hoje é celebrada pela direção do concurso participando de algumas edições recentes. Você concorda com a minha opinião? Vencedora: Denise Perrier - Miss Mundo 1953 Denise Perrier Denise Perrier Concorrente: Christiane Martel - Miss Universo 1953 Christiane Martel

Misses São Paulo dos anos 2010

Finalizando a série sobre as Misses São Paulo, vamos relembrar as belas dos anos 2010. Karla Mandro - 2010 Rafaela Butareli - 2011 Francine Pantaleão - 2012 Bruna Michels-2013 Fernanda Leme - 2014 Jéssica Voltolini - 2015 Sabrina de Paiva - 2016 Karen Porfiro - 2017 Paula  Palhares - 2018 Bianca Dias Lopes - 2019

A Miss mais bela do ano de 1952 - May Louise Flodin

No ano de 1952 o surge um novo concurso internacional de beleza para "concorrer" com o Miss Mundo, o estadunidense Miss Universo. A partir de então, vários países passaram a enviar suas representantes para os dois concursos ou, como no Brasil, enviavam a 2ª ou 3ª colocada para o Miss Mundo, situação que mudou a partir de 2006, quando o certame britânico passou a exigir que a 1ª colocada do concurso nacional fosse enviada ou se criasse um concurso único, como acontece hoje na maioria dos países. O Miss Mundo 1952 teve sua final no dia 14 de novembro no Lyceum Ballroom em Londres - Inglaterra e contou com apenas 11 candidatas, sendo 10 europeias e a representante dos Estados Unidos. Já o Miss Universo teve uma excelente estreia com 30 candidatas oriundas da América, Europa, África e Ásia e teve sua final no dia 28 de junho em Long Beach - Califórnia - EUA. A vencedora foi a Miss Finlândia - Armi Helena Kuusela. Analisando a beleza das vencedoras dos dois concursos, a que mais

Programas do Miss Universo - década de 1970

Dando continuidade a uma série de 2018 aqui do blog, vamos aos programas do Miss Universo da década  de 1970. Se a década anterior foi a de ouro para o Brasil no concurso, com duas vitórias em cinco anos, a de 1970 foi no máximo de bronze, pois o resultado mais expressivo foi o 2º lugar em 1972, com a linda gaúcha Rejane Vieira da Costa (resultados completos nas fontes). As capas dos programas da primeira metade da década valorizam a Miss Universo reinante, já a segunda metade são minimalistas e fazem referência ao país sede do concurso. 1970 1971 1972 1973 1974 1975 1976 1978 1979 Obs: não encontrei o programa do ano de 1977, assim que encontrá-lo atualizarei a postagem. Fontes: http://www.pageantopolis.com/1970-1979-3.html https://pt.wikipedia.org/wiki/Classifica%C3%A7%C3%A3o_das_brasileiras_no_Miss_Universo

Sandra Penno Rosa - Miss Brasil Beleza Internacional 1965

Quando venceu o Miss São Paulo 1965 sob vaias do público, a paulista Sandra Penno Rosa, provavelmente, não pensou que chegaria tão longe no Mundo Miss. No concurso estadual realizado no dia 13 de junho, a bela loira representou o Instituto Caetano de Campos, conceituada instituição pública de ensino na época. Quando venceu o Miss SP 1965                                                                    Em 20 dias a paulista se apresentava para cerca de 40 mil pessoas no ginásio de Maracanãzinho, na final do Miss Brasil 1965. Conquistou o 2º lugar e foi designada a representar o país no Miss Beleza Internacional, que seria realizado no dia 13 de agosto em Long Beach, Califórnia - Estados Unidos. Segundo informações do Jornal Última Hora, a paulista: "Acompanhada de sua mãe, Lair Penno Rosa, e da jornalista e relações públicas do Miss Brasil, Maria Fernanda, Sandra fez escalar em Los Angeles e depois foi para a cidade-sede da competição, levando consigo uma obra do pintor Aldemir M

A Miss mais bela do ano de 1951 - Kerstin "Kiki" Margaretha Hakansson

O primeiro grande concurso internacional de beleza feminino foi o Miss Mundo. A primeira edição do certame foi em 27 de julho de 1951 e contou com a participação de apenas 27 candidatas. Com o nome inicial de " Concurso de Biquíni para Meninas do Festival da Grã-Bretanha" e depois para Miss Mundo, o evento foi um sucesso já no seu primeiro ano. A vencedora foi a sueca Kerstin "Kiki" Margaretha Hakansson, uma moça belíssima que desbancou as 18 britânicas que participaram do concurso. Nesta primeira edição, além da Suécia, Dinamarca, Estados Unidos, França, Holanda e México enviaram representantes. Sem concorrentes de outros concursos, a sueca Kerstin "Kiki" Margaretha Hakansson segue sendo a mulher mais bela do ano de 1951. Fontes: https://rodriguezmatute.home.blog/2019/10/08/miss-world-1951/ http://www.pageantopolis.com/1951-1959.html

Misses São Paulo dos anos 2000

Dando continuidade a uma série do blog, vamos prestigiar a beleza das vencedoras do concurso Miss São Paulo nos anos 2000. 2000 - Vanessa Martins 2001 - Joyce Aguiar Issa Oliveira - 2002 2003- Juliana Volpini 2004 - Mayra Simões 2005- Glenda Sacomano 2006 - Nicole Bernardes 2007 - Sabrina Rhoden 2008 - Janaína Barcelos 2009 - Sílvia Novais

Homenagem a Martha Rocha - Miss Brasil 1954

“Marta Rocha tem a pele da côr do Sol de Amaralina 1 , os olhos iguais às águas azuis de Itaparica e a graça típica das baianas”. João Martins Revista O Cruzeiro - Agosto de 1954 Martha Rocha - MB 1954 Minha singela homenagem a primeira Miss Brasil Universo da História. Martha Rocha faleceu no último sábado em decorrência de uma insuficiência respiratória, seguida de infarto, na cidade de Niterói - R.J. 1 Bairro de classe média da cidade de Salvador-BA, conhecido por ter em seus limites a praia de Amaralina.  

Voltei!

Olá queridos! Após meses sem postar, voltei! Como eu informei no post anterior, por motivos pessoais eu não estava conseguindo dar a devida atenção ao blog. Continuei acompanhando o Mundo Miss pelas redes sociais, mas confesso um certo desencanto pelos resultados do ano passado, principalmente no Miss Mundo e no Miss Grand International, onde considero as representantes brasileiras muito melhores que as vencedoras. Eu iria fazer esse post ontem, mas com a triste notícia do falecimento da nossa eterna Miss Brasil, Martha Rocha, confesso que não tive vontade. A grande espera de hoje é o anúncio da nova organização que detém a franquia do Miss Universo no país, pois desde a semana passada o missólogo brasileiro Roberto Macedo tem aparecido em vídeos que não dizem muita coisa. O que eu acho desnecessário, pois esse "suspense" pode criar uma expectativa/frustração, pois o Mundo Miss brasileiro não é muito fácil de se lidar. Uma mudança que vocês notaram aqui é em relação às notíci