Pular para o conteúdo principal

Miss Universo 2018: top 20 do blog

Fazer um top para o concurso Miss Universo sempre é uma tarefa difícil, ainda mais com esse novo formato (muito justo) em que há uma distribuição igualitária de vagas. Apesar da dificuldade que é selecionar apenas 5 misses das Américas (continente onde se concentram grandes potências do Mundo Miss), este ano África, Ásia e Oceania também não foi fácil, tamanha a beleza das candidatas desse desse grupo.
Aí está meu top 20 para o Miss Universo 2018 por grupos (em ordem alfabética).

África, Ásia e Oceania







A possibilidade da Miss Universo 2018 estar nesse grupo é enorme.
África do Sul, Filipinas e Vietnã são favoritas desde suas eleições nacionais e estão fazendo um confinamento perfeito. Nas preliminares Filipinas se destacou com seu carisma e segurança. Acredito que ela esteja alguns passos a frente das demais rumo ao título. Nigéria e Quênia estavam lindas na competição preliminar e espero que se classifiquem.

Américas







Deste grupo para mim a grande favorita é a Miss Porto Rico, pois ela estava lindíssima na competição preliminar e tem feito um confinamento digno da história do seu país no concurso. 
Canadá e Colômbia também são lindas e arrasaram na preliminar e demonstram estar confiantes em estar fazendo um belo confinamento.
Brasil e Nicarágua foram bem nas preliminares e são belíssimas. Eu torço muito para que a brasileira se classifique e avance nos tops.

Europa







Entre as europeias, as misses Irlanda e Islândia são os destaques, pois ambas tem uma beleza que encanta. Acredito que elas entrem neste grupo.
França mesmo não sendo linda, tem uma passarela incrível e acredito que ela entre por isso. Grã-Bretanha é muito elegante e Espanha fez um desfile em traje de noite arrasador e espero vê-la avançando nos tops.

Curingas (Wild Card)

Neste grupo devem entrar as escolhidas diretamente pela organização do concurso.







Estados Unidos, apesar das recentes polêmicas sobre xenofobia, é uma miss bem articulada e deve ter se dado muito bem na entrevista. Ela deve entrar, mas não acredito que avance nos tops.
A Índia é um país com tradição no Mundo Miss, mas ultimamente não tem se destacado no Miss Universo. Com uma bela candidata, a organização deve indicar a indiana para resgatar a atenção ao concurso por lá.
México enviou uma bela candidata, mas não gostei dela na competição preliminar, mas a seu favor há uma organização nacional ativa e sempre presente no concurso. Ela deve entrar com certeza.
A anfitriã deve entrar apenas por esse motivo.Venezuela é bela, mas não fez um confinamento muito bom e deve entrar pelo "peso da faixa".

A transmissão da final do Miss Universo 2018 será amanhã a partir das 22hs* pelos canais Band e TNT.
Bom concurso para tod@s!

*Horário de Brasília-DF


Comentários

Top 5 de acessos no mês

Lúcia Alexandrino - Miss Brasil Beleza Internacional 1969

Em 1969, o estado de São Paulo elegeu Maria Lúcia Alexandrino dos Santos, como sua representante no Miss Brasil. Lúcia Alexandrino, como ficou conhecida, chegou como favorita ao certame nacional ao lado da catarinense Vera Fischer. Traje típico no MB Seu desfile em traje de noite foi marcante, com destaque na mídia da época. Conquistou o 2º lugar e o direito de representar o país no Miss Beleza Internacional em Tóquio - Japão. A vencedora foi a maravilhosa Vera Fischer. Desfile em traje de noite no MB A belíssima paulista tinha uma missão difícil no certame internacional, tentar o bicampeonato para o Brasil, pois no ano anterior Maria da Glória Carvalho havia vencido o concurso. Classificou-se no top 15 e a vencedora foi Valerie Susan Holmes da Grã Bretanha. Às vésperas do MBI Biografia* Filha de Conceição Alexandrino Santos, Maria Lúcia nasceu no interior do Estado de São Paulo, no município de Lins. Foi namorada do escritor Mário Prata quando encenou a novela Estúpido Cupido. Casou-

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Hoje o Mundo Miss está de luto. Infelizmente pela manhã recebi, através do grupo do Voy Miss Brasil On Board no Facebook, a notícia do falecimento da MISS BRASIL 1972 - Rejane Vieira (Goulart era seu sobrenome artístico). Confesso que relutei em acreditar que uma das minhas misses  Brasil preferidas tinha partido tão cedo (59 anos) e resolvi esperar uma confirmação oficial para então escrever um post, que veio pelo site oficial do MISS BRASIL. O motivo do falecimento foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorrido durante o período de recuperação de uma cirurgia feita em decorrência de uma trombose. Rejane Vieira era uma unanimidade no Mundo Miss no Brasil, uma das misses mais queridas pela sua impactante beleza e simpatia com os fãs. No MISS UNIVERSO 1972 ela conquistou o 2° lugar, e não vou afirmar que foi injusto pois a australiana Kerry Wells também era uma lindíssima.  A gaúcha  atuou como atriz e participou de algumas novelas de sucesso como Ti Ti Ti (1985), Man

Elizabeth Ferreira da Silva - Miss Brasil Beleza Internacional 1988

 O histórico "Miss Brasil da Ilha Porchat" em 1988 foi vencido pela representante de São Paulo - Elizabeth Ferreira da Silva.  Realizado no município litorâneo de São Vicente, o concurso era muito badalado e recebia grande atenção da imprensa. Valorizava-se muito a beleza física da candidatas, que eram coroadas de biquíni. No concurso Miss International 1988 a brasileira não se classificou no top 15, mas ganhou o prêmio de melhor traje típico.  Elizabeth Ferreira da Silva exemplifica o tipo de beleza valorizada pelos concursos no Brasil naquela década. Fonte: Wikipédia Missmemorabilia Pwiki I am the miss

Ana Paula Ottani - Miss Brasil Beleza Internacional 1989

 Em 1989 o estado de São Paulo conquistou o bicampeonato no Miss Brasil Beleza Internacional com a bela Ana Paula Ottani. O concurso foi  realizado na lendária Ilha Porchat, no município de São Vicente, litoral paulista. No Miss Beleza Internacional 1989, realizado em Kanazawa - Japão, a brasileira não obteve classificação e a vencedora foi a representante da Alemanha - Iris Klein. Resultado do concurso nacional* Estado Candidata P   São Paulo Ana Paula Ottani   Acre Débora Barth   Mato Grosso Adele Martins *Wikipédia Obs: a foto foi copiada do blog Rainhas da Beleza.

A Miss mais bela do ano de 1954 - Antigone Costanda

É do nordeste do continente africano a miss mais bela do ano de 1954. A egípcia Antigone Costanda venceu o Miss Mundo 1954 realizado em Londres no Lyceum Ballroom e contou com a participação de 18 candidatas. Até o presente é o único título conquistado pelo Egito no concurso. Acho ela muito bonita e sua vitória sinalizou que o concurso estava de portas abertas para belezas do mundo inteiro. No Miss Universo 1954, a estadunidense Miriam Stevenson saiu vitoriosa, ficando em 2º lugar a majestosa Martha Rocha - Miss Brasil 1954. Se a brasileira tivesse vencido, com certeza este post teria outra vencedora. Antigone Costanda - Miss Mundo 1954 Concorrente: Miriam Stevenson - Miss Universo 1954