Grã-Bretanha terá pela primeira vez uma miss negra como representante no Miss Universo

Fonte: Metro Jornal

Os presentes no Riverfront Theatre and Arts Centre, em Newport, no País de Gales, viram a história ser feita no último sábado, 14: pela primeira vez, uma negra foi coroada Miss Grã-Bretanha e irá disputar o título de Miss Universo 2018 em um evento que ainda não tem data definida.
A representante do Reino Unido é Dee-Ann Rogers, nascida e criada nas ilhas caribenhas de Anguilla, que fazem parte do território britânico. Além de participar de concursos de beleza, ela também representou seu país duas vezes nos jogos de Commonwealth, onde competia no heptatlo. A moça é formada em Direito pela Universidade de Birmingham.
"Quero representar as mulheres no geral, mas principalmente as esportistas", disse ela ao portal Pageants News. "Desejo elevar o nível delas, para que consigam mais patrocínio e representação na mídia. Eu sou muito focada em ver as mulheres recebendo igual aos homens no esporte. Esse é o meu diferencial".
A candidata irá concorrer com a espanhola Angela Ponce, a primeira miss transgênero*, e a brasileira Mayra Dias.
Nota do blog
*Angela Ponce é transexual e não transgênero.

Comentários

Postagens recentes