Martha Vasconcellos - Miss Brasil e Universo 1968 - recebe comenda 2 de julho na Assembleia Legislativa da Bahia

Fonte: Assembleia Legislativa da Bahia

A mais alta honraria da Assembleia Legislativa – a Comenda 2 de Julho – foi concedida a ex-miss Bahia, Brasil e Universo, Martha Maria Cordeiro Vasconcellos. A homenagem, proposta pelo deputado Marcelo Nilo (PSB), aconteceu na manhã de sexta-feira, dia 15, no plenário da Casa.
Com a presença de ex-misses e amigos da homenageada, o Cerimonial da Casa conduziu Martha ao plenário onde foi recebida de pé e com muito carinho pelos presentes. 

Momentos da cerimônia


Durante o evento, o deputado Marcelo Nilo fez uma retrospectiva da sua trajetória na presidência da Casa e os momentos de emoção que presenciou à frente da ALBA. O deputado citou o livro publicado pela Assembleia Legislativa, quando ainda era presidente da Casa, pela Coleção Gente da Bahia, para homenagear a ex-miss. A publicação editada e distribuída pelo Parlamento baiano foi escrita pelo jornalista Roberto Macêdo.
Nilo relembrou o momento que Martha Vasconcellos ganhou o concurso do Miss Universo “tinha 13 anos e ainda morava em Antas quando minha tia chegou com a notícia”.

“Com a minha surpresa, os 63 representantes do povo baiano aprovaram a Comenda a Martha por unanimidade. A ex-miss Universo honrou a Bahia e levou o nome do nosso Estado para o mundo”, disse Marcelo Nilo. O socialista declarou estar feliz com o histórico de homenagens prestadas a Martha que para ele não tem só a beleza física como destaque, “também possui uma beleza espiritual relevante”.

Martha Vasconcellos nasceu em Salvador e formou-se professora. Em 1968 foi eleita Miss Bahia, Miss Brasil e Miss Universo, sendo a última brasileira a conquistar esse título. Mãe de dois filhos, Martha foi para os Estados Unidos e formou-se em psicologia e fez mestrado em saúde mental e aconselhamento em Cambridge, Massachusetts. A ex-miss Universo trabalhou com vítimas de violência doméstica e foi premiada três vezes.
Na homenagem prestada pela Assembleia Legislativa, Martha Vasconcellos recebeu a Comenda da mão dos netos e se mostrou bastante emocionada com a homenagem. “Sempre tive muito orgulho de representar a minha pátria de salto alto”, declarou. A homenageada relembrou da época do concurso quando ocupou a capa das maiores revistas do País por 05 semanas seguidas.
Agradecida pela homenagem, Martha falou sobre o seu temperamento e a sua luta nos tribunais dos Estados Unidos em defesa das mulheres.    
“Como que eu enfrentaria os abusadores nos tribunais? O meu temperamento tão criticado pelos meus filhos e netos serviu às mulheres”, declarou a nova comendadora.

Nota do blog

Merecidíssima homenagem prestada a nossa linda e eterna Miss Brasil e Universo 1968.
Temos que celebrar muito os 50 anos da conquista do título e torcer para que essa espera pelo próximo termine em 2018. 

Comentários

Postagens recentes