Presidente do Miss América renuncia após e-mails sexistas

Nas mensagens, Sam Haskell faz piadas grosseiras e críticas ao peso e à vida sexual de ex-vencedoras do concurso: 'Ela está enorme e nojenta!'

O presidente executivo do concurso Miss América renunciou ao cargo neste sábado. Sam Haskell, que estava no posto desde 2005, não resistiu ao escândalo provocado pela revelação de que ele e outros membros da organização trocavam e-mails sexistas sobre ex-participantes da disputa.
Nas mensagens, reveladas na quinta-feira em reportagem do site americano HuffPost, Haskell faz piadas grosseiras e comentários ofensivos sobre ex-concorrentes. Em uma delas, o executivo comunica a um roteirista do espetáculo que as vencedoras de anos anteriores não devem mais ser creditadas como “eternas miss América”, e sim como “antigas miss América”. O interlocutor sugere trocar “eternas” por um termo chulo usado para designar a genitália feminina. “Perfeito… bahaha”, responde Haskell.
Muitos dos comentários maldosos do executivo são sobre uma vencedora em particular, Mallory Hagan, a miss América de 2013. Nos e-mails, Haskell faz críticas ao peso e à vida sexual da modelo. “Meu Deus! Ela está enorme… e nojenta”, escreveu ao receber uma foto de Mallory em 2015, dois anos depois da coroação. Em outra conversa, o mesmo roteirista questiona se eles são “os únicos” que nunca tiveram relações sexuais com a ex-miss. “Parece que somos”, diz o executivo. Nas mensagens, Haskell também acusa Mallory de atacá-lo, embora não fique claro que ataques seriam esses.
Depois da divulgação das conversas, o executivo acusou a reportagem de ser “desonesta” e se desculpou “por responder e-mails de forma inapropriada” em uma época em que, segundo ele, estava sob forte stress. “Eu tenho o máximo respeito pelas mulheres deste concurso”, afirmou. As declarações não convenceram as vítimas das ofensas e, em uma carta aberta, 49 ex-vencedoras do concurso, incluindo a miss América de 1948, pediram a renúncia de Haskell, atendida neste sábado.
Em uma nota em que não cita o motivo da saída do executivo, o Miss América afirma que a renúncia foi aceita imediatamente pelo conselho de diretores e agradece Haskell “pelos anos de trabalho incansável”.
Sam Haskell - Presidente do Miss América

Fonte: https://veja.abril.com.br/entretenimento/presidente-do-miss-america-renuncia-apos-e-mails-sexistas/#


Comentários

Postagens recentes