Miss Universo 2017: top 16 e demais menções

As listas com o top 16 para o Miss Universo 2017 são incontáveis nos sites, blogs e grupos especializados no Mundo Miss.
Com o novo formato de classificação, o que já não era fácil tornou-se dificílimo e pouco justo.
Meu critério foi a performance no desfile preliminar que foi divulgado hoje e, assim como no ano passado, algumas surpresas aconteceram.
Segue o "top com a divisão definida pela concurso", "menções", "peso da faixa" e "outras com chance".

Américas


Brasil: Monalysa Alcântara teve uma performance excelente, passando muita segurança e polêmico vestido funcionou na passarela. Eu acredito muito na classificação da brasileira.



Curaçao: um rosto lindo e uma performance idem faz da representante de Curaçao, Nashaira Belisa, uma forte candidata ao título. Será que teremos um top 2 igual a 1968? Seria maravilhoso (com a vitória da brasileira novamente, claro).



Canadá: Lauren Howe deve classificar seu país pela beleza esse ano e não para polemizar como sua antecessora. É uma das louras mais lindas do concurso.




México: maravilhosa. Quando eleita Denisse Franco não despertou minha admiração, mas na preliminar ela estava perfeita. Com uma beleza do estilo Ximena Navarrete - Miss Universo 2010, o México tem grande chance de conquistar sua 3ª coroa.

Europa


Alemanha: há anos o país não enviava uma candidata tão bela como Sophia Koch para o concurso. Acredito que esse ano o país consiga se classificar.




Áustria: Celine Shrenk me surpreendeu nos desfiles e se tiver ido bem na entrevista, acredito que chegue ao top.



Espanha: Sofia Del Prado chegou no concurso com ares de vencedora. Elas está no top de diversos missólogos do mundo e  venceu o Reina Hispano-Americana 2015. Se ela não entrar no top será um tremenda injustiça.



Polônia: apesar do vestido horroroso, espero que a beleza Katarzyna Marzena tenha suplantado esse erro. Ela tem um dos rostos mais belos do concurso e torço para vê-la no top.

África, Ásia e Pacífico 


Angola: a angolana Lauriela Martins teve uma performance muito boa e deve se classificar. Ela é muito querida pelo brasileiros e depois da brasileira a torcida parece toda para ela. Eu vou achar lindo se ela e Monalysa estiverem no top 3, assim como foi com Leila Lopes e Priscila Machado no Miss Universo 2011.



Guam: seu que muitos vão questionar a inclusão de MyanaWelch no top. Eu achei a performance dela excelente e acredito que ela possa ser a "zebra" da noite final. 



Índia: Shraddha Shashidhar teve um desempenho perfeito na preliminar. Injustamente não a vejo nas listas dos missólogos, mas acredito que a indiana possa conquistar o 3º título para seu país e repetir o feito dos anos 1994 e 2000, quando venceram o Miss Mundo e o Miss Universo.



Israel: a descendente de brasileiros Adar Gandelsman tem um dos rostos mais belos do concurso. Sua meiguice e elegância são notáveis e pode ser o grande trunfo para ela arrasar na noite final. Espero que ela entre no top.

Curingas (Wildcards):


Peru: a peruana Prissila Neira é lindíssima e tem grande chance de chegar ao top e avançar. Ela está na lista de praticamente todos os missólogos e esteve perfeita na preliminar.



Rússia: Kseniya  Aleksandrova tem um conjunto lindo e se mostrou muito elegante na preliminar. Acredito em sua classificação, com grande chance de chegar ao top final.



Venezuela: a venezuelana mostrou na preliminar que não quer seu país fora do top inicial novamente. Keisy Mairin foi perfeita e se tiver ido bem na entrevista com certeza chegará ao top. Sabemos que com Venezuela não se brinca e amanhã pode ser o dia dela (eu espero que não).

Escolha do público


Tailândia: eu acredito que Mareeya Poonlertlarp entre pela escolha da audiência. A tailandesa é uma das mais elegantes das candidatas e conta com uma fanática torcida. Ela é a top 1 de vários missólogos e sites. Eu acho ela linda, mas quando sorri sua beleza diminui consideravelmente. A chance de vitória dela é enorme.

Menções




França: Alicia Belfroy não deve repetir o feito da sua antecessora, a atual Miss Universo Iris Mittenaere. A francesa tem um rosto lindo, mas não tem carisma. Pode entrar no top, mas não deve passar para o top 10.





Grã-Bretanha: Anna Maria Burdzy se saiu muito bem na preliminar e tem um rosto lindo. Tem grande chance de chegar ao top.





Porto Rico: a porto-riquenha Danna Hernanádez teve uma performance muito boa na preliminar. Ela não tem uma beleza impactante, mas tem um bom conjunto. Se entrar no top 16 pode avançar.



Sri Lanka: Akelah Peiris  tem uma beleza facial impressionante e foi muito bem na preliminar. Gostaria de vê-lá no top.

Peso da faixa



Estados Unidos: apesar da boa performance na preliminar, Kára Deidra é fraca de beleza facial. Mas acho que dificilmente ela não entra no top, pois deve ter ido muito bem na entrevista.


Filipinas: Rachel Petters  é tão bela quanto suas antecessoras, mas teve um performance inferior na preliminar. Ela conta com um apoio enorme de seus conterrâneos e isso deve pesar a seu favor. Se ela não entrar no top acredito que os filipinos vão fazer um grande protesto dentro do teatro.

Outras com chance de entrar no top 16

África do Sul, China, Coreia, Maurício e Vietnã: as quatro tiveram boas performances na preliminar e podem entrar no top também.








Comentários