Pular para o conteúdo principal

Miss Universo 2017: top 16 e demais menções

As listas com o top 16 para o Miss Universo 2017 são incontáveis nos sites, blogs e grupos especializados no Mundo Miss.
Com o novo formato de classificação, o que já não era fácil tornou-se dificílimo e pouco justo.
Meu critério foi a performance no desfile preliminar que foi divulgado hoje e, assim como no ano passado, algumas surpresas aconteceram.
Segue o "top com a divisão definida pela concurso", "menções", "peso da faixa" e "outras com chance".

Américas


Brasil: Monalysa Alcântara teve uma performance excelente, passando muita segurança e polêmico vestido funcionou na passarela. Eu acredito muito na classificação da brasileira.



Curaçao: um rosto lindo e uma performance idem faz da representante de Curaçao, Nashaira Belisa, uma forte candidata ao título. Será que teremos um top 2 igual a 1968? Seria maravilhoso (com a vitória da brasileira novamente, claro).



Canadá: Lauren Howe deve classificar seu país pela beleza esse ano e não para polemizar como sua antecessora. É uma das louras mais lindas do concurso.




México: maravilhosa. Quando eleita Denisse Franco não despertou minha admiração, mas na preliminar ela estava perfeita. Com uma beleza do estilo Ximena Navarrete - Miss Universo 2010, o México tem grande chance de conquistar sua 3ª coroa.

Europa


Alemanha: há anos o país não enviava uma candidata tão bela como Sophia Koch para o concurso. Acredito que esse ano o país consiga se classificar.




Áustria: Celine Shrenk me surpreendeu nos desfiles e se tiver ido bem na entrevista, acredito que chegue ao top.



Espanha: Sofia Del Prado chegou no concurso com ares de vencedora. Elas está no top de diversos missólogos do mundo e  venceu o Reina Hispano-Americana 2015. Se ela não entrar no top será um tremenda injustiça.



Polônia: apesar do vestido horroroso, espero que a beleza Katarzyna Marzena tenha suplantado esse erro. Ela tem um dos rostos mais belos do concurso e torço para vê-la no top.

África, Ásia e Pacífico 


Angola: a angolana Lauriela Martins teve uma performance muito boa e deve se classificar. Ela é muito querida pelo brasileiros e depois da brasileira a torcida parece toda para ela. Eu vou achar lindo se ela e Monalysa estiverem no top 3, assim como foi com Leila Lopes e Priscila Machado no Miss Universo 2011.



Guam: seu que muitos vão questionar a inclusão de MyanaWelch no top. Eu achei a performance dela excelente e acredito que ela possa ser a "zebra" da noite final. 



Índia: Shraddha Shashidhar teve um desempenho perfeito na preliminar. Injustamente não a vejo nas listas dos missólogos, mas acredito que a indiana possa conquistar o 3º título para seu país e repetir o feito dos anos 1994 e 2000, quando venceram o Miss Mundo e o Miss Universo.



Israel: a descendente de brasileiros Adar Gandelsman tem um dos rostos mais belos do concurso. Sua meiguice e elegância são notáveis e pode ser o grande trunfo para ela arrasar na noite final. Espero que ela entre no top.

Curingas (Wildcards):


Peru: a peruana Prissila Neira é lindíssima e tem grande chance de chegar ao top e avançar. Ela está na lista de praticamente todos os missólogos e esteve perfeita na preliminar.



Rússia: Kseniya  Aleksandrova tem um conjunto lindo e se mostrou muito elegante na preliminar. Acredito em sua classificação, com grande chance de chegar ao top final.



Venezuela: a venezuelana mostrou na preliminar que não quer seu país fora do top inicial novamente. Keisy Mairin foi perfeita e se tiver ido bem na entrevista com certeza chegará ao top. Sabemos que com Venezuela não se brinca e amanhã pode ser o dia dela (eu espero que não).

Escolha do público


Tailândia: eu acredito que Mareeya Poonlertlarp entre pela escolha da audiência. A tailandesa é uma das mais elegantes das candidatas e conta com uma fanática torcida. Ela é a top 1 de vários missólogos e sites. Eu acho ela linda, mas quando sorri sua beleza diminui consideravelmente. A chance de vitória dela é enorme.

Menções




França: Alicia Belfroy não deve repetir o feito da sua antecessora, a atual Miss Universo Iris Mittenaere. A francesa tem um rosto lindo, mas não tem carisma. Pode entrar no top, mas não deve passar para o top 10.





Grã-Bretanha: Anna Maria Burdzy se saiu muito bem na preliminar e tem um rosto lindo. Tem grande chance de chegar ao top.





Porto Rico: a porto-riquenha Danna Hernanádez teve uma performance muito boa na preliminar. Ela não tem uma beleza impactante, mas tem um bom conjunto. Se entrar no top 16 pode avançar.



Sri Lanka: Akelah Peiris  tem uma beleza facial impressionante e foi muito bem na preliminar. Gostaria de vê-lá no top.

Peso da faixa



Estados Unidos: apesar da boa performance na preliminar, Kára Deidra é fraca de beleza facial. Mas acho que dificilmente ela não entra no top, pois deve ter ido muito bem na entrevista.


Filipinas: Rachel Petters  é tão bela quanto suas antecessoras, mas teve um performance inferior na preliminar. Ela conta com um apoio enorme de seus conterrâneos e isso deve pesar a seu favor. Se ela não entrar no top acredito que os filipinos vão fazer um grande protesto dentro do teatro.

Outras com chance de entrar no top 16

África do Sul, China, Coreia, Maurício e Vietnã: as quatro tiveram boas performances na preliminar e podem entrar no top também.








Comentários

Top 5 de acessos no mês

Lúcia Alexandrino - Miss Brasil Beleza Internacional 1969

Em 1969, o estado de São Paulo elegeu Maria Lúcia Alexandrino dos Santos, como sua representante no Miss Brasil. Lúcia Alexandrino, como ficou conhecida, chegou como favorita ao certame nacional ao lado da catarinense Vera Fischer. Traje típico no MB Seu desfile em traje de noite foi marcante, com destaque na mídia da época. Conquistou o 2º lugar e o direito de representar o país no Miss Beleza Internacional em Tóquio - Japão. A vencedora foi a maravilhosa Vera Fischer. Desfile em traje de noite no MB A belíssima paulista tinha uma missão difícil no certame internacional, tentar o bicampeonato para o Brasil, pois no ano anterior Maria da Glória Carvalho havia vencido o concurso. Classificou-se no top 15 e a vencedora foi Valerie Susan Holmes da Grã Bretanha. Às vésperas do MBI Biografia* Filha de Conceição Alexandrino Santos, Maria Lúcia nasceu no interior do Estado de São Paulo, no município de Lins. Foi namorada do escritor Mário Prata quando encenou a novela Estúpido Cupido. Casou-

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Hoje o Mundo Miss está de luto. Infelizmente pela manhã recebi, através do grupo do Voy Miss Brasil On Board no Facebook, a notícia do falecimento da MISS BRASIL 1972 - Rejane Vieira (Goulart era seu sobrenome artístico). Confesso que relutei em acreditar que uma das minhas misses  Brasil preferidas tinha partido tão cedo (59 anos) e resolvi esperar uma confirmação oficial para então escrever um post, que veio pelo site oficial do MISS BRASIL. O motivo do falecimento foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorrido durante o período de recuperação de uma cirurgia feita em decorrência de uma trombose. Rejane Vieira era uma unanimidade no Mundo Miss no Brasil, uma das misses mais queridas pela sua impactante beleza e simpatia com os fãs. No MISS UNIVERSO 1972 ela conquistou o 2° lugar, e não vou afirmar que foi injusto pois a australiana Kerry Wells também era uma lindíssima.  A gaúcha  atuou como atriz e participou de algumas novelas de sucesso como Ti Ti Ti (1985), Man

Elizabeth Ferreira da Silva - Miss Brasil Beleza Internacional 1988

 O histórico "Miss Brasil da Ilha Porchat" em 1988 foi vencido pela representante de São Paulo - Elizabeth Ferreira da Silva.  Realizado no município litorâneo de São Vicente, o concurso era muito badalado e recebia grande atenção da imprensa. Valorizava-se muito a beleza física da candidatas, que eram coroadas de biquíni. No concurso Miss International 1988 a brasileira não se classificou no top 15, mas ganhou o prêmio de melhor traje típico.  Elizabeth Ferreira da Silva exemplifica o tipo de beleza valorizada pelos concursos no Brasil naquela década. Fonte: Wikipédia Missmemorabilia Pwiki I am the miss

Ana Paula Ottani - Miss Brasil Beleza Internacional 1989

 Em 1989 o estado de São Paulo conquistou o bicampeonato no Miss Brasil Beleza Internacional com a bela Ana Paula Ottani. O concurso foi  realizado na lendária Ilha Porchat, no município de São Vicente, litoral paulista. No Miss Beleza Internacional 1989, realizado em Kanazawa - Japão, a brasileira não obteve classificação e a vencedora foi a representante da Alemanha - Iris Klein. Resultado do concurso nacional* Estado Candidata P   São Paulo Ana Paula Ottani   Acre Débora Barth   Mato Grosso Adele Martins *Wikipédia Obs: a foto foi copiada do blog Rainhas da Beleza.

A Miss mais bela do ano de 1954 - Antigone Costanda

É do nordeste do continente africano a miss mais bela do ano de 1954. A egípcia Antigone Costanda venceu o Miss Mundo 1954 realizado em Londres no Lyceum Ballroom e contou com a participação de 18 candidatas. Até o presente é o único título conquistado pelo Egito no concurso. Acho ela muito bonita e sua vitória sinalizou que o concurso estava de portas abertas para belezas do mundo inteiro. No Miss Universo 1954, a estadunidense Miriam Stevenson saiu vitoriosa, ficando em 2º lugar a majestosa Martha Rocha - Miss Brasil 1954. Se a brasileira tivesse vencido, com certeza este post teria outra vencedora. Antigone Costanda - Miss Mundo 1954 Concorrente: Miriam Stevenson - Miss Universo 1954