Pular para o conteúdo principal

Be Emotion - patrocinador oficial do Miss Brasil 2015 - promete mudanças no concurso a partir deste ano

O site do Miss Brasil publicou a matéria abaixo sobre mudanças que ocorrerão na realização do Miss Brasil a partir da edição de 2015.
Não vou comentar as "mudanças" porque ações valem mais que palavras e quero esperar o dia 18 de novembro para confirmá-las.
Segue a integra da notícia que está agitando o Mundo Miss brasileiro.


João Apolinário (centro)


Esta edição do Miss Brasil promete surpreender os fãs do concurso e convidar novas gerações para curtir o principal concurso de beleza do país. Entre as mudanças estão um apelo mais fashion e a procura por uma miss que tenha muita atitude e opinião.


"Vejo o Miss Brasil como um concurso que teve um glamour incrível e agora precisa se atualizar", diz João Appolinário, idealizador e dono da Polishop. A marca de produtos de beleza Be Emotion, da Polishop, é a patrocinadora oficial do concurso. "Os produtos Be Emotion seguem as tendências, e queremos levar esse conceito ao Miss Brasil. Nada melhor do que ter como representantes de produtos de beleza as mulheres mais bonitas do país", afirma.

Para produzir todo o concurso, desde os treinos de passarela até a escolha dos jurados, a Be Emotion trouxe experts de várias áreas, como Denise Céspedes, sócia-diretora da Ford Models, e Giovanni Frasson, um dos especialistas em moda mais relevantes do país e diretor da "Vogue Brasil" por 25 anos. "Busquei as pessoas mais importantes em cada segmento. Cada uma traz uma experiência de peso e um olhar diferente. É assim que vamos conseguir encontrar a brasileira que irá nos representar no Miss Universo".

O ar de princesa e alguns conservadorismos devem perder espaço nessa nova fase. A intenção é fugir ao máximo de um conceito pasteurizado para encontrar uma miss única. O novo perfil deve chegar a todos os concursos estaduais de 2016, prevendo um tempo maior de preparação para o Miss Brasil. Além disso, a Be Emotion pretende descobrir mulheres com potencial em lugares remotos do país. "Uma menina que sai de um município e, de repente, representa a beleza brasileira é algo fantástico", diz o empresário. "Existem meninas escondidas em pontos extremos que poderiam realizar esse sonho".

As mudanças começaram já no confinamento, com passeios turísticos sendo substituídos por experiências, que incluem games e desafios com o intuito de revelar a personalidade de cada uma. "A passarela deve ser mais orgânica, permitindo que cada uma construa seu jeito de desfilar", revela Karina Ades, da Floresta, responsável pela direção do programa de TV. "Será a primeira geração que vai abraçar essa mudança", diz o dono da Polishop. 

A abertura do concurso também será bem diferente, com um número inspirado na Madonna dos anos 1980. Entre o que se mantém estão os desfiles de biquíni – que contará com a participação de uma escola de samba –, gala e maiô, além das perguntas dos jurados. 

A apresentação ficará a cargo de Mariana Weickert e Cássio Reis. Entre os jurados estão Paulo Borges, criador da SPFW, Yan Acioli, personal stylist, Cris Arcangeli, empresária e comunicadora, os estilistas Patrícia Bonaldi e Vitorino Campos, o beauty artist Max Weber, entre outros. "Recebi ligações de pessoas querendo estar no júri e respondi 'nem eu sou jurado'. Isso gera credibilidade junto a opinião pública", afirma João Appolinário.

O concurso

O Miss Brasil será realizado na próxima quarta-feira, dia 18, no Citibank Hall, em São Paulo. O evento será transmitido pela Band e pelo band.com.br a partir das 22h30.

Comentários

Top 5 de acessos no mês

Lúcia Alexandrino - Miss Brasil Beleza Internacional 1969

Em 1969, o estado de São Paulo elegeu Maria Lúcia Alexandrino dos Santos, como sua representante no Miss Brasil. Lúcia Alexandrino, como ficou conhecida, chegou como favorita ao certame nacional ao lado da catarinense Vera Fischer. Traje típico no MB Seu desfile em traje de noite foi marcante, com destaque na mídia da época. Conquistou o 2º lugar e o direito de representar o país no Miss Beleza Internacional em Tóquio - Japão. A vencedora foi a maravilhosa Vera Fischer. Desfile em traje de noite no MB A belíssima paulista tinha uma missão difícil no certame internacional, tentar o bicampeonato para o Brasil, pois no ano anterior Maria da Glória Carvalho havia vencido o concurso. Classificou-se no top 15 e a vencedora foi Valerie Susan Holmes da Grã Bretanha. Às vésperas do MBI Biografia* Filha de Conceição Alexandrino Santos, Maria Lúcia nasceu no interior do Estado de São Paulo, no município de Lins. Foi namorada do escritor Mário Prata quando encenou a novela Estúpido Cupido. Casou-

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Hoje o Mundo Miss está de luto. Infelizmente pela manhã recebi, através do grupo do Voy Miss Brasil On Board no Facebook, a notícia do falecimento da MISS BRASIL 1972 - Rejane Vieira (Goulart era seu sobrenome artístico). Confesso que relutei em acreditar que uma das minhas misses  Brasil preferidas tinha partido tão cedo (59 anos) e resolvi esperar uma confirmação oficial para então escrever um post, que veio pelo site oficial do MISS BRASIL. O motivo do falecimento foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorrido durante o período de recuperação de uma cirurgia feita em decorrência de uma trombose. Rejane Vieira era uma unanimidade no Mundo Miss no Brasil, uma das misses mais queridas pela sua impactante beleza e simpatia com os fãs. No MISS UNIVERSO 1972 ela conquistou o 2° lugar, e não vou afirmar que foi injusto pois a australiana Kerry Wells também era uma lindíssima.  A gaúcha  atuou como atriz e participou de algumas novelas de sucesso como Ti Ti Ti (1985), Man

Elizabeth Ferreira da Silva - Miss Brasil Beleza Internacional 1988

 O histórico "Miss Brasil da Ilha Porchat" em 1988 foi vencido pela representante de São Paulo - Elizabeth Ferreira da Silva.  Realizado no município litorâneo de São Vicente, o concurso era muito badalado e recebia grande atenção da imprensa. Valorizava-se muito a beleza física da candidatas, que eram coroadas de biquíni. No concurso Miss International 1988 a brasileira não se classificou no top 15, mas ganhou o prêmio de melhor traje típico.  Elizabeth Ferreira da Silva exemplifica o tipo de beleza valorizada pelos concursos no Brasil naquela década. Fonte: Wikipédia Missmemorabilia Pwiki I am the miss

Ana Paula Ottani - Miss Brasil Beleza Internacional 1989

 Em 1989 o estado de São Paulo conquistou o bicampeonato no Miss Brasil Beleza Internacional com a bela Ana Paula Ottani. O concurso foi  realizado na lendária Ilha Porchat, no município de São Vicente, litoral paulista. No Miss Beleza Internacional 1989, realizado em Kanazawa - Japão, a brasileira não obteve classificação e a vencedora foi a representante da Alemanha - Iris Klein. Resultado do concurso nacional* Estado Candidata P   São Paulo Ana Paula Ottani   Acre Débora Barth   Mato Grosso Adele Martins *Wikipédia Obs: a foto foi copiada do blog Rainhas da Beleza.

A Miss mais bela do ano de 1954 - Antigone Costanda

É do nordeste do continente africano a miss mais bela do ano de 1954. A egípcia Antigone Costanda venceu o Miss Mundo 1954 realizado em Londres no Lyceum Ballroom e contou com a participação de 18 candidatas. Até o presente é o único título conquistado pelo Egito no concurso. Acho ela muito bonita e sua vitória sinalizou que o concurso estava de portas abertas para belezas do mundo inteiro. No Miss Universo 1954, a estadunidense Miriam Stevenson saiu vitoriosa, ficando em 2º lugar a majestosa Martha Rocha - Miss Brasil 1954. Se a brasileira tivesse vencido, com certeza este post teria outra vencedora. Antigone Costanda - Miss Mundo 1954 Concorrente: Miriam Stevenson - Miss Universo 1954