Pular para o conteúdo principal

O desafio de realizar um concurso de Miss em uma escola pública

Queridos leitores!

Quero compartilhar com vocês uma grande alegria que vivenciei nos últimos dias na escola onde  trabalho como professor da disciplina de História.  
Realizei um concurso de miss,  com alunas dos 6°s, 7°s e 8°s anos, que foi um grande sucesso.
A ideia partiu da discussão de como fazer uma atividade para a “Semana da Criança” que fugisse um pouco dos tradicionais jogos de futebol intercalasses que acabavam excluindo grande parte das alunas.
Como muitas professoras sabem da minha paixão pelos concursos e acompanham o blog, elas me convenceram a realizar o evento.  Topei o desafio e elaborei o projeto, destacando que o mesmo não se limitava a eleger a mais bela aluna da escola, mas sim a aumentar a autoestima das participantes e enaltecer a amizade e companheirismo entre elas.
Tive total apoio do corpo diretivo, que providenciou tudo o que solicitei, principalmente os símbolos máximos dos concursos: faixa e coroa. Algumas professoras colaboraram com a premiação e a escola conseguiu emprestado um tapete vermelho, que serviu de passarela, e alguns enfeites. O cenário de fundo foi obra da professora de Educação Física, que contou com o apoio de diversos alunos, inclusive meninos que estavam animados com o evento.
Os ensaios, realizados durante cinco dias, foram um desafio, pois tive que explicar e até exibir um concurso para as candidatas, pois muitas nunca haviam assistido, mas no final a maioria entendeu do que se tratava e se apresentaram corretamente. A coordenação da escola ficou admirada em ver que nos ensaios eu também contava com a participação de uma ou duas classes, para que as candidatas não ficassem envergonhadas na final e também “treinava” a plateia em relação aos aplausos e ao respeito  que deveria existir.
No último dia 10, o concurso foi realizado e envolveu toda a escola. Algumas professoras fizeram  o papel das queridas chaperonas e ajudaram as candidatas com os trajes, cabelo e maquiagem, além de receberem e apoiarem todas conforme o concurso se desenvolvia. Foi muito gratificante ver a escola se mobilizando para o concurso.
O evento teve início por volta das 15:40 e abriu com o desfile de 28 candidatas (houve uma pré-seleção que levou em consideração o comportamento e comprometimento com os estudos, pois 60 se inscreveram e depois algumas desistiram quando viram  que o evento era sério) em trajes de noite. Para deixar o concurso animado e dinâmico, utilizei músicas que já foram utilizadas no Miss Universo ( Say It Right – Nelly Furtado) e no filme Miss Simpatia (One a Million) além de outras que combinam com os concursos. Em seguida, seguiu-se a tradição dos concursos: anúncio das semifinalistas (top 10), desfile das semifinalistas, anúncio das finalistas (top 05), entrevista com as finalistas (perguntas relacionadas ao cotidiano), desfile final das finalistas e anúncio das três primeiras colocadas escolhidas pelo juri, formado por professoras do Ensino Médio (sem vínculo afetivo com as candidatas). A plateia estava animada e muitas candidatas tinham torcida que, espontaneamente, elaboraram cartazes de apoio.
A vencedora foi uma aluna do 8° ano A, que comemorou muito a vitória com seus colegas de classe.
Fiquei muito feliz em realizar o evento e pretendo fazê-lo anualmente, pois o objetivo foi alcançado.
Abraços para todos!

Eu apresentando o concurso







Comentários

  1. Caro amigo Nelson Jr. gostei da postagem, vc provou que qualquer concurso de beleza tudo dar certo se houver planejamento, divulgação e lisura em todas etapas do evento. Você é muito corajoso também, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Caro Nelson
    Voce me fez voltar no tempo e lembrar os anos 60 quando eu lecionava Matematica no Ginasio Comercial Clovis Bezerra em minha cidade Borborema-PB e promovia todo ano o Concurso Rainha de Borborema. Quantas saudades e lembranças !
    Fazer o que voce fez nesta epoca é preciso ter muita coragem e determinação. Parabens !
    Olha Nelson o Belezas Paulistas é um sucesso e estou sempre bisbilhotando.
    Mais uma vez parabens !
    Abraços
    JOÃO HERCULANO

    ResponderExcluir
  3. Realmente a dedicação é tudo... você pensou em todos os detalhes..achei muito bom você ter pensado em levar a plateia também aos ensaios...
    Parabéns, mesmo.. ficou muito bom.. Bel

    ResponderExcluir
  4. Que legal essa inciativa, parabéns, Nelson. Paixão é paixão, não é mesmo?
    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Obrigado!

Top 5 de acessos no mês

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Hoje o Mundo Miss está de luto. Infelizmente pela manhã recebi, através do grupo do Voy Miss Brasil On Board no Facebook, a notícia do falecimento da MISS BRASIL 1972 - Rejane Vieira (Goulart era seu sobrenome artístico). Confesso que relutei em acreditar que uma das minhas misses  Brasil preferidas tinha partido tão cedo (59 anos) e resolvi esperar uma confirmação oficial para então escrever um post, que veio pelo site oficial do MISS BRASIL. O motivo do falecimento foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorrido durante o período de recuperação de uma cirurgia feita em decorrência de uma trombose. Rejane Vieira era uma unanimidade no Mundo Miss no Brasil, uma das misses mais queridas pela sua impactante beleza e simpatia com os fãs. No MISS UNIVERSO 1972 ela conquistou o 2° lugar, e não vou afirmar que foi injusto pois a australiana Kerry Wells também era uma lindíssima.  A gaúcha  atuou como atriz e participou de algumas novelas de sucesso como Ti Ti Ti (1985), Man

Kátia Nascimento Guimarães - Miss Brasil Beleza Internacional 1985

Kátia Nascimento Guimarães foi a sexta paulista a conquistar o título de Miss Brasil Beleza Internacional em 1985. Ela foi a primeira da "era ilha Porchart" concurso popular na época realizado na ilha homônima da cidade de São Vicente, litoral paulista. Kátia Nascimento Guimarães (ao centro) - MBI 1985 No concurso Miss International 1985, a linda paulista foi top 15. 

Fernanda Bôscolo - Miss Brasil Beleza Internacional 1980

 O 2º lugar no Miss Brasil 1980 deu a oportunidade da lindíssima paulista Fernanda Bôscolo de ser a Miss Brasil Beleza Internacional 1980. Fernanda Bôscolo no MB 1980 (divulgação) O concurso foi realizado no dia 04 de novembro em Tóquio, no Japão. Apesar de  ter uma beleza impactante, a paulista não foi classificada entre as três finalistas, numa edição muito estranha, que sequer teve chamada para semifinalistas. Biografia* Apesar de nascida na capital, Fernanda mudou-se para Santos aos 6 anos de idade, e o primeiro concurso que disputou foi aos 6 anos, o Mini Miss São Paulo, no programa de TV "Almoço com as Estrelas", competindo com mais de 500 crianças. Em 1980, antes de completar 18 anos de idade, e já morando em Santos, foi eleita Rainha das Praias Brasileiras, no Ilha Porchat Clube, e ganhou o direito de representar o país no Miss Tanga Internacional, realizado em Caracas, Venezuela. Mais de quarenta garotas ambicionavam o título, que acabou ficando em suas mãos, tendo s

Júlia Gama é a Miss Brasil 2020

O suspense acabou! Depois de semanas de especulações, o Mundo Miss brasileiro conheceu há pouco, numa transmissão pelo canal da organização U Miss Brasil no Youtube, a representante do país na próxima edição do Miss Universo. A gaúcha Júlia Gama teve seu nome ventilado há algumas semanas como possível indicada, mas por ser a Miss Brasil Mundo 2014, muito descartaram essa possibilidade. Ela se torna ao lado de Adriana Alves de Oliveira, as únicas brasileiras a representarem o Brasil no Miss Universo e no Miss Mundo. Júlia Gama - Miss Brasil 2020 Eu fiquei muito feliz com a indicação, pois ela é linda, inteligente e fala fluentemente espanhol, inglês e mandarim. Sua oratória é perfeita e acredito que isso contará muito ao seu favor no Miss Universo. Parabéns para Júlia Gama pela conquista e a organização pela indicação.  

Lúcia Alexandrino - Miss Brasil Beleza Internacional 1969

Em 1969, o estado de São Paulo elegeu Maria Lúcia Alexandrino dos Santos, como sua representante no Miss Brasil. Lúcia Alexandrino, como ficou conhecida, chegou como favorita ao certame nacional ao lado da catarinense Vera Fischer. Traje típico no MB Seu desfile em traje de noite foi marcante, com destaque na mídia da época. Conquistou o 2º lugar e o direito de representar o país no Miss Beleza Internacional em Tóquio - Japão. A vencedora foi a maravilhosa Vera Fischer. Desfile em traje de noite no MB A belíssima paulista tinha uma missão difícil no certame internacional, tentar o bicampeonato para o Brasil, pois no ano anterior Maria da Glória Carvalho havia vencido o concurso. Classificou-se no top 15 e a vencedora foi Valerie Susan Holmes da Grã Bretanha. Às vésperas do MBI Biografia* Filha de Conceição Alexandrino Santos, Maria Lúcia nasceu no interior do Estado de São Paulo, no município de Lins. Foi namorada do escritor Mário Prata quando encenou a novela Estúpido Cupido. Casou-