Pular para o conteúdo principal

Os 10 fatos e/ou pessoas que marcaram o "Mundo Miss" em 2012, segundo o Global Beauties

O site Global Beauties, um dos mais importantes do Mundo Miss, publicou sua lista com os 10 fatos e/ou pessoas que marcaram os concursos 2012.
Quero esclarecer que esta lista trata-se da opinião do site e não do blog, pois não concordo com a exclusão do Miss Terra do chamado "Grand-Slam" do concursos, mas acho que  acertaram no fato mais importante, que é a permissão à participação dos transexuais nos concursos chancelados pela organização Miss Universo.
Vamos à lista:

10. A revolução Supra

A 4a. edição do Miss Supranational mostrou mais uma vez que "concurso bebê" do Grand Slam veio para fazer uma revolução. Sua fase fantástica, números bem coreografados e músicas incríveis, fez dele o mais original e divertido concurso de beleza do ano.

9. Queda feia
Talvez  a Guiana nunca tenha enviado uma candidata forte ao Miss Universo como Ruqqayah Boyer, em Las Vegas. Durante o show de apresentação, no entanto, a adorável Ruqqayah literalmente beijou o piso escorregadio devido a um vazamento no teto do local. Os juízes não a perdoaram, e a Miss Guiana e todas as belezas negras foram "deixadas no gelo" no Miss Universo. Uma verdadeira vergonha.
8. Miss Terra fora do Grand Slam
Um vídeo escandaloso publicado no final de novembro pela imprensa russa mostrando a presidente do concurso admitindo que ela consideraria vender o título de Miss Terra por US $ 4 milhões, causou  a exclusão do concurso do Grand Slam. 
7. Davi X Golias
Logo após a conclusão do Miss EUA 2012, a Miss Pensilvânia, Sheena Monnin, que não classificou-se entre as semifinalistas, acusou Donald Trump de escolher os resultados finais e chamou o concurso de "espetáculo inútil". Ela virou manchete em todo o mundo, mas nunca conseguiu provar a acusação. A Corte Distrital dos EUA  decidiu a favor da Organização Miss Universo, que exigiu $ 5 milhões em danos e afirmou que as declarações de Monnin se "mostraram um desrespeito imprudente ".
6. Rainhas sem coroa
2012 foi o ano do destronamento nos concursos de beleza. Algumas das rainhas que perderam sua coroa e títulos foram Miss Irlanda Mundo, Miss Universo Índia (menor de idade), Miss Fiji, (também menor de idade) Miss Universo Nova Zelândia (cidadã Sul-africana), Miss Bulgária (erro de votos), Miss República Dominicana Mundo (acima do limite de idade) e Universo (ela era casada). 
5. Misters em novembro
Pela primeira vez, todos os concursos de beleza masculinos do Grans-Slam aconteceram no mesmo mês: novembro.Tailândia recebeu o Manhunt International, vencido pelo Brasil, e Mister Internacional, vencido pelo Líbano, enquanto a Inglaterra recebeu o Mister Mundo, que teve a Colômbia como o vencedor.
4. O fator sede
Três dos quatro concursos do Grand Slam em 2012 tiveram as misses anfitriãs como vencedoras: Miss China foi coroada Miss Mundo em Ordos, a Miss Japão conquistou para seu país o primeiro título Miss  Beleza Internacional em Okinawa e, finalmente, a Miss EUA venceu o Miss Universo , realizada em Las Vegas.
 3. "Lei" esperta
A resposta da Miss Venezuela Universo para a pergunta "Se você pudesse fazer uma nova lei, o que seria?" tornou-se um dos vídeos mais vistos do Youtube. Sua resposta: "Eu acho que qualquer lei que há na Constituição ou na vida, já está feita. Eu acho que nós devemos ter um caminho direto para seguir com nossos semelhantes, ou, em nossas vidas. Por exemplo, eu sou uma surfista, e eu acho que a melhor onda que eu posso ter é a onda que eu esperar. Então faça do nosso direito, o que deve ser feito. Obrigado Vegas! ".
No entanto, ela era tão linda, que mesmo depois de tal resposta conseguiu terminar em 3 º lugar.
2. Saia do meu caminho Nova Zelândia!
 A Miss Mundo Nova Zelândia Collette Lochore está radiante para a câmera quando, de repente, a Miss Malawi, Susan Mtegha a empurra para o lado. Lochore tenta não ficar fora do enquadramento, mas é claramente infeliz.  A Miss Malawi, enquanto isso, finge que não aconteceu nada. Tudo aconteceu durante a apresentação das candidatas no Miss Mundo, realizado em Ordos, China.
1. Um espetáculo para todos
Jenna Talackova decidida a competir no Miss Universo Canadá 2012 recorreu o corte final. Os organizadores depois de descobrirem que ela tinha nascido um homem e  tinha participado de uma competição para transexuais, a desclassificaram. As regras do concurso exigiam que seus concorrentes deveriam ter "naturalmente" nascidas mulheres. Ela foi ao tribunal e desafiou os organizadores do concurso, incluindo Donald Trump, proprietário do Miss Universo, para reverter a decisão e permitir que ela competisse. Jenna ganhou o caso e fez história quando a organização do Miss Universo emitiu uma declaração dizendo que "desde que ela atenda aos padrões de exigências legais de reconhecimento de gênero do Canadá, entendemos que Jenna Talackova está livre para competir no concurso Miss Universo Canadá 2012. "Talackova não ganhou o título, mas abriu uma porta para milhares de transexuais que desejam competir em seus próprios países no futuro.

Jenna Talackova

Comentários

Top 5 de acessos no mês

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Hoje o Mundo Miss está de luto. Infelizmente pela manhã recebi, através do grupo do Voy Miss Brasil On Board no Facebook, a notícia do falecimento da MISS BRASIL 1972 - Rejane Vieira (Goulart era seu sobrenome artístico). Confesso que relutei em acreditar que uma das minhas misses  Brasil preferidas tinha partido tão cedo (59 anos) e resolvi esperar uma confirmação oficial para então escrever um post, que veio pelo site oficial do MISS BRASIL. O motivo do falecimento foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorrido durante o período de recuperação de uma cirurgia feita em decorrência de uma trombose. Rejane Vieira era uma unanimidade no Mundo Miss no Brasil, uma das misses mais queridas pela sua impactante beleza e simpatia com os fãs. No MISS UNIVERSO 1972 ela conquistou o 2° lugar, e não vou afirmar que foi injusto pois a australiana Kerry Wells também era uma lindíssima.  A gaúcha  atuou como atriz e participou de algumas novelas de sucesso como Ti Ti Ti (1985), Man

Ana Paula Ottani - Miss Brasil Beleza Internacional 1989

 Em 1989 o estado de São Paulo conquistou o bicampeonato no Miss Brasil Beleza Internacional com a bela Ana Paula Ottani. O concurso foi  realizado na lendária Ilha Porchat, no município de São Vicente, litoral paulista. No Miss Beleza Internacional 1989, realizado em Kanazawa - Japão, a brasileira não obteve classificação e a vencedora foi a representante da Alemanha - Iris Klein. Resultado do concurso nacional* Estado Candidata P   São Paulo Ana Paula Ottani   Acre Débora Barth   Mato Grosso Adele Martins *Wikipédia Obs: a foto foi copiada do blog Rainhas da Beleza.

Lúcia Alexandrino - Miss Brasil Beleza Internacional 1969

Em 1969, o estado de São Paulo elegeu Maria Lúcia Alexandrino dos Santos, como sua representante no Miss Brasil. Lúcia Alexandrino, como ficou conhecida, chegou como favorita ao certame nacional ao lado da catarinense Vera Fischer. Traje típico no MB Seu desfile em traje de noite foi marcante, com destaque na mídia da época. Conquistou o 2º lugar e o direito de representar o país no Miss Beleza Internacional em Tóquio - Japão. A vencedora foi a maravilhosa Vera Fischer. Desfile em traje de noite no MB A belíssima paulista tinha uma missão difícil no certame internacional, tentar o bicampeonato para o Brasil, pois no ano anterior Maria da Glória Carvalho havia vencido o concurso. Classificou-se no top 15 e a vencedora foi Valerie Susan Holmes da Grã Bretanha. Às vésperas do MBI Biografia* Filha de Conceição Alexandrino Santos, Maria Lúcia nasceu no interior do Estado de São Paulo, no município de Lins. Foi namorada do escritor Mário Prata quando encenou a novela Estúpido Cupido. Casou-

Elizabeth Ferreira da Silva - Miss Brasil Beleza Internacional 1988

 O histórico "Miss Brasil da Ilha Porchat" em 1988 foi vencido pela representante de São Paulo - Elizabeth Ferreira da Silva.  Realizado no município litorâneo de São Vicente, o concurso era muito badalado e recebia grande atenção da imprensa. Valorizava-se muito a beleza física da candidatas, que eram coroadas de biquíni. No concurso Miss International 1988 a brasileira não se classificou no top 15, mas ganhou o prêmio de melhor traje típico.  Elizabeth Ferreira da Silva exemplifica o tipo de beleza valorizada pelos concursos no Brasil naquela década. Fonte: Wikipédia Missmemorabilia Pwiki I am the miss

A Miss mais bela do ano de 1961 - Marlene Schmidt

 O ano de 1961 é um dos mais fortes em relação a beleza das vencedoras do Grand-Slam, mas a beleza atemporal da representante da Alemanha no Miss Universo a faz a melhor entre as três. O único título do país no Miss Universo foi conquistado em 15 de julho no Miami Beach Auditorium na popular Miami - Flórida - EUA. Marlene Schmidt - Miss Universo 1961 Biografia*: Schmidt, uma refugiada na Alemanha Ocidental depois de fugir da nativa Alemanha Oriental, loira, de olhos negros, 1, 73 m e 24 anos, era uma engenheira elétrica que trabalhava numa fábrica de rádios por US$54 dólares semanais.  Entrou no concurso estadual de beleza de Baden-Württemberg motivada pelo carro oferecido como prêmio máximo, venceu e além do carro conquistou o direito de representar a região no Miss Alemanha, realizado em Baden-Baden. Marlene venceu o concurso nacional, onde foi considerada uma "figura de Botticelli", e foi para os Estados Unidos representar o país no Miss Universo. Competindo com outras 47