Pular para o conteúdo principal

Entrevista: Alexsander González

Não falta nada para uma brasileira vencer o Miss Mundo, diz preparador internacional

Fonte: portal UOL

A vencedora do Miss Mundo Brasil, Juceila Bueno, 23, mal colocou a coroa na cabeça e já começou seu treinamento para o Miss Mundo 2011, que acontece em 6 de novembro, em Londres (Reino Unido). Seu preparador, o venezuelano Alexsander González, 43, já está fechando a agenda da gaúcha e conversou com o UOL Tabloide sobre esse processo.
"Não falta nada para uma brasileira ganhar o Miss Mundo. Aliás, falta sorte, pois beleza elas tem. Por mais que nos preparemos, estamos nas mãos dos jurados", disse González, que ressaltou que Juceila vai ser assessorada por uma equipe de cerca de dez pessoas, que lhe ensinarão desde passarela até oratória. "Ela precisa estar bem preparada, tanto para ganhar quanto para perder".
González está no meio há 18 anos e trabalhou com muitas beldades, incluindo a japonesa Ryo Mori, que derrotou a mineira Natália Guimarães no Miss Unverso 2007. Ele comentou o escorregão da candidata de Sergipe e disse que é "normal cair", além de da a dica para as meninas que querem ser misses: "Sigam sonhando que tudo é possivel".

UOL Tabloide: Quando começa o treinamento da Juceila?
Alexsander González: Já começou. Agora estamos precisamente montando a agenda dela, pois já tem vários compromissos. Devemos ir para a Venezuela em 14 de setembro, logo depois do Miss Universo.

Tabloide: Quanto tempo dura a preparação?
Alexsander: A preparação começa agora até o fim do Miss Mundo, vai durar mais de um mês. É como uma equipe de futebol que luta para ganhar o troféu.

Tabloide: Como vai ser o treinamento da Juceila?
Alexsander: Assim que ela chegar à Venezuela, vai passar por uma avaliação geral. Tenho uma equipe de mais ou menos dez pessoas, para treiná-la, entre eles um personal trainning, professor de dança, de maquiagem, de passarela, de oratória, de protocolo, de etiqueta, cabeleireiro... Enfim, todos focados na preparação dela para que faça um papel excelente no Miss Mundo.

Tabloide: Como você se tornou preparador?
Alexsander: Comecei há 18 anos, trabalhando para uma revista na Venezuela que promovia o concurso "Princesita" [o miss de lá]. Já assessorei misses como a brasileira Luciana Bertolini, semifinalista do Miss Mundo; Amélia Vega, da República Dominicana, que ganhou o Miss Universo em 2003; e fiz parte da assessoria da japonesa Ryo Mori, Miss Universo em 2007.

Tabloide: O que você achou da final do Miss Mundo Brasil 2011?
Alexsander: Gostei muito das finalistas e da vencedora. Qualquer uma que ganhasse eu estaria feliz, pois me encantaram. Como jurado eram minhas três favoritas.

Tabloide: O que você acha que falta para uma brasileira ganhar o Miss Mundo?
Alexsander: Não falta nada para uma brasileira ganhar o Miss Mundo. Aliás, falta sorte, pois beleza elas tem. Por mais que nos preparemos, estamos nas mãos dos jurados. Afinal, o que um gosta não é mesmo que o outro. Você pode gostar de chocolate ao leite e eu de chocolate branco. O jurado pode preferir a candidata negra ao invés da ruiva... Por isso é que ela precisa estar bem preparada, tanto para ganhar quanto para "perder ganhando".

Tabloide: A candidata de Sergipe escorregou e caiu numa apresentação do Miss Mundo Brasil. Qual o procedimento nesses casos?
Alexsander: Cair na passarela é normal, pois é um acidente. Ninguém quer cair. E os jurados nunca levam isso em consideração. Quando a miss cai, eles notam e levam em conta que ela saiba se levantar e continuar.

Tabloide: Dê uma dica para as meninas que querem ser misses.
Alexsander: Sigam sonhando que tudo é possivel. O mais importante não é ganhar a coroa, e sim sempre se lembrar que são representantes de um país e de uma cultura.

Comentários

Top 5 de acessos no mês

Nota de falecimento: Rejane Vieira da Costa (Goulart) - Miss Brasil 1972

Hoje o Mundo Miss está de luto. Infelizmente pela manhã recebi, através do grupo do Voy Miss Brasil On Board no Facebook, a notícia do falecimento da MISS BRASIL 1972 - Rejane Vieira (Goulart era seu sobrenome artístico). Confesso que relutei em acreditar que uma das minhas misses  Brasil preferidas tinha partido tão cedo (59 anos) e resolvi esperar uma confirmação oficial para então escrever um post, que veio pelo site oficial do MISS BRASIL. O motivo do falecimento foi um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ocorrido durante o período de recuperação de uma cirurgia feita em decorrência de uma trombose. Rejane Vieira era uma unanimidade no Mundo Miss no Brasil, uma das misses mais queridas pela sua impactante beleza e simpatia com os fãs. No MISS UNIVERSO 1972 ela conquistou o 2° lugar, e não vou afirmar que foi injusto pois a australiana Kerry Wells também era uma lindíssima.  A gaúcha  atuou como atriz e participou de algumas novelas de sucesso como Ti Ti Ti (1985), Man

A Miss mais bela do ano de 1961 - Marlene Schmidt

 O ano de 1961 é um dos mais fortes em relação a beleza das vencedoras do Grand-Slam, mas a beleza atemporal da representante da Alemanha no Miss Universo a faz a melhor entre as três. O único título do país no Miss Universo foi conquistado em 15 de julho no Miami Beach Auditorium na popular Miami - Flórida - EUA. Marlene Schmidt - Miss Universo 1961 Biografia*: Schmidt, uma refugiada na Alemanha Ocidental depois de fugir da nativa Alemanha Oriental, loira, de olhos negros, 1, 73 m e 24 anos, era uma engenheira elétrica que trabalhava numa fábrica de rádios por US$54 dólares semanais.  Entrou no concurso estadual de beleza de Baden-Württemberg motivada pelo carro oferecido como prêmio máximo, venceu e além do carro conquistou o direito de representar a região no Miss Alemanha, realizado em Baden-Baden. Marlene venceu o concurso nacional, onde foi considerada uma "figura de Botticelli", e foi para os Estados Unidos representar o país no Miss Universo. Competindo com outras 47

Mexicana Andrea Meza vence a 69ª edição do concurso Miss Universo

 O México conquistou sua 3ª coroa de Miss Universo na noite do último domingo com a bela Andrea Meza. Considerada uma das favoritas por missólogos de diversos países, a eleição da mexicana não agradou os fãs do concurso que acusam a emissora de TV Telemundo de "comprar" o título, já que a miss não foi considerada a melhor na pergunta final. Andrea Meza - Miss Universo 2020 Os fãs consideram que a Miss Brasil 2020, Julia Gama, foi a melhor e merecia o título. Julia Gama ficou em 2º lugar no concurso Eu ainda não revi o concurso com o olhar de missólogo, mas acredito que se há tanto descontentamento, é porque realmente o resultado não foi justo. Durante a semana a imprensa especializada mundial noticiou que a mexicana pudesse ser casada (o que é proibido pela organização do Miss Universo) e que estivesse grávida. Andrea Meza na foto promocional que causou a polêmica  Nada se comprovou, pois foi apurado a imagem que circula na internet é de uma campanha promocional de turismo de

Elizabeth Ferreira da Silva - Miss Brasil Beleza Internacional 1988

 O histórico "Miss Brasil da Ilha Porchat" em 1988 foi vencido pela representante de São Paulo - Elizabeth Ferreira da Silva.  Realizado no município litorâneo de São Vicente, o concurso era muito badalado e recebia grande atenção da imprensa. Valorizava-se muito a beleza física da candidatas, que eram coroadas de biquíni. No concurso Miss International 1988 a brasileira não se classificou no top 15, mas ganhou o prêmio de melhor traje típico.  Elizabeth Ferreira da Silva exemplifica o tipo de beleza valorizada pelos concursos no Brasil naquela década. Fonte: Wikipédia Missmemorabilia Pwiki I am the miss

Kátia Nascimento Guimarães - Miss Brasil Beleza Internacional 1985

Kátia Nascimento Guimarães foi a sexta paulista a conquistar o título de Miss Brasil Beleza Internacional em 1985. Ela foi a primeira da "era ilha Porchart" concurso popular na época realizado na ilha homônima da cidade de São Vicente, litoral paulista. Kátia Nascimento Guimarães (ao centro) - MBI 1985 No concurso Miss International 1985, a linda paulista foi top 15.